Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Rua Domingos Martins (desaparecida) – Por Elmo Elton

Rua Domingos Martins (desaparecida) – Por Elmo Elton

Do largo da Caridade, que ficava ao lado da igreja da Misericórdia, quando ainda não existia a Rua Pedro Palácios, partia um caminho que ia dar no largo da Matriz, onde hoje se ergue a Catedral

Discórdias na Capitania - Início Século XVIII – Ainda o caminho das minas

Discórdias na Capitania - Início Século XVIII – Ainda o caminho das minas

À Bahia chegaram delações contra o capitão-mor Francisco de Albuquerque Teles, obrigando o governador geral a dirigir-se ao provedor da Fazenda Manuel Correia de Lemos

Franceses no Rio de Janeiro no Início do Século XVIII

Franceses no Rio de Janeiro no Início do Século XVIII

O grande acontecimento que abalou a colônia, em 1710, foi o assalto comandado por Duclerc contra o Rio de Janeiro

O Construtor do Relógio da Praça Oito

O Construtor do Relógio da Praça Oito

Quem passa pela Praça Oito, em Vitória, vê, ali, um relógio de grande porte, mas lhe não sabe a história nem, sequer, o nome daquele que o construiu

Um bacharel morando em Vitória em 1700

Um bacharel morando em Vitória em 1700

Ainda no princípio do século XVIII, Vitória já contava com um bacharel formado pela Universidade de Coimbra

Pedro Palácios – Por Norbertino Bahiense

Pedro Palácios – Por Norbertino Bahiense

Em 1864, Frei Teotônio de Santa Humiliana, o último guardião do Convento, mandou colocar na gruta a seguinte lápide

Da Carta de Anchieta de 1584 – Por Norbertino Bahiense

Da Carta de Anchieta de 1584 – Por Norbertino Bahiense

As CARTAS JESUÍTICAS constituem fontes preciosas da história do Brasil nascente. Entre elas, vamos buscar uma de Anchieta, do ano de 1584

Esmeraldas! Esmeraldas! – Governo de Antônio Luis Gonçalves da Câmara Coutinho

Esmeraldas! Esmeraldas! – Governo de Antônio Luis Gonçalves da Câmara Coutinho

O acontecimento culminante do seu período governamental foi a descoberta de minas pelo capitão Antônio Luís de Espinha

O donatário Francisco Gil de Araújo deixa a Capitania

O donatário Francisco Gil de Araújo deixa a Capitania

Decepcionado, talvez, com o fracasso das suas tentativas de encontrar as decantadas esmeraldas embarcou para a Bahia

Depois de Francisco Gil de Araujo assume seu filho

Depois de Francisco Gil de Araujo assume seu filho

Com o falecimento de Francisco Gil de Araújo, a capitania do Espírito Santo coube, por sucessão, a seu filho, Manuel Garcia Pimentel

Leia mais artigos

Pesquisa

Facebook