Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Polícia pede paciência para o verão 1999 na Rodosol

De acordo com o Batalhão de Trânsito, o tráfego na rodovia ficará complicado nos meses do verão 99

Paciência. Essa foi a palavra mais usada pelo comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), major PM De Angelli, para alertar os turistas que pretendem utilizar a Rodovia do Sol no próximo verão. De acordo com o comandante, o verão de 1999 contará com 10% mais veículos circulando pela Rodovia do Sol, tornando o que já era caótico em uma viagem cansativa.

"A cada ano teremos um fluxo mais assustador na Rodovia do Sol, com pelo menos 10% a mais de veículos circulando. Isso quer dizer que, se o tráfego já era lento em 1998, vai piorar em 1999. As obras de duplicação da rodovia precisam ser iniciadas para dar vazão a esse fluxo, tornando a Rodovia do Sol uma via segura, bem sinalizada e em perfeito estado de conservação. Tudo que venha a somar para o nosso bem-estar e segurança será bem vindo", comentou o major De Angelli.

NÚMEROS — Para ilustrar o seu prognóstico, o major De Angelli citou os números apurados em 1997 e 1998 em relação aos acidentes que assustaram toda a população na Rodovia do Sol. Segundo dados da PRE, em 1997 foram registrados nada menos que 449 acidentes ao longo da rodovia, sendo 115 com vítimas e 334 sem vítimas. Das pessoas vitimadas, 18 morreram e 189 foram lesionadas. Em 1998, esses números sofreram uma redução até novembro, porém, ainda assustam. Foram 248 acidentes, sendo 76 com vítimas, 172 sem vítimas, 13 mortos e 85 lesionados. A redução foi ocasionada pela vigência e eficácia do novo Código Brasileiro de Trânsito.

Para atender a tantas ocorrências e fiscalizar toda a Rodovia do Sol, o Comando da PRE conta com apenas 36 policiais, três viaturas e quatro motocicletas, números considerados insuficientes até mesmo pelo major De Angelli. "Não é culpa do Comando da PM. Não podemos destinar nosso efetivo para ficar de prontidão na Rodovia do Sol, isso não diminui os acidentes. O que pode acabar com os acidentes são obras de grande porte e consciência do motorista, pois, também, não adianta uma pista de primeiro mundo para alguns motoristas imprudentes", afirmou o comandante.

TEMPO — Para o secretário de Transportes e Obras Públicas, Jorge Hélio Leal, em apenas 18 meses a população do Espírito Santo e os turistas que visitam o Litoral Sul do Estado estarão sentindo as mudanças na Rodovia do Sol, que estará mais segura e muito melhor transitável. "Esse tempo já será o suficiente para que a empresa vencedora da licitação, a Servix Engenharia, implemente as obras de melhoria ao longo da Rodovia, concorrendo para o sucesso da alta estação capixaba", afirmou Leal.

De acordo com o secretário, a duplicação da Rodovia do Sol é o primeiro passo para a melhoria dos serviços oferecidos por Guarapari e demais municípios daquela região, sendo que, a médio prazo, aquele trecho estará conhecido por sua comodidade. "Teremos ainda um verão tumultuado, com engarrafamentos e trânsito lento. Todos torcemos muito para que seja o último e que o Estado entre numa época de maior atrativos turísticos, tendo a Rodovia do Sol como eixo principal", completou Leal.

 

Fonte: Duplicação da Rodovia do Sol: Novos rumos para o Litoral Sul, A Gazeta Caderno Especial, 11/12/1998
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2016

Variedades

Autobiografia de Massena

Autobiografia de Massena

Filho de capixaba, nascido em Barbacena, aos 6 meses de idade fui transportado para Vitória, de onde saí aos 5 anos para Juiz de Fora, onde iniciei os estudos primários

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Uma mensagem de Natal

A Mamãe Noel de Vila Velha me traz de volta o sentido de Natal, ao colocar uma roupa vermelha e um gorro vermelho e se transformar em puro encantamento

Ver Artigo
Cachaça Thimotina - Agroturismo Cultural

Fundada em 1915, por Francisco Thimóteo Dias, a Thimotina é considerada entre os apreciadores, uma das cachaças de maior qualidade do Brasil

Ver Artigo
Presidente Castello Branco na Assembleia Legislativa do ES (1964)

Adalberto Simão Nader, discursa: "o honroso título de “Cidadão Espírito-Santense” que vos foi concedido, por iniciativa do nobre deputado Setembrino Pelissari, nos oferece a oportunidade 

Ver Artigo
Em busca de uma resposta - Partido Comunista e as outras esquerdas

O partido acreditava em seu Comitê Central; este, em Luís Carlos Prestes; o Cavaleiro da Esperança confiava em Jango. No final das contas, todos ficaram a reboque de João Goulart

Ver Artigo
Emendas constitucionais no sistema jurídico brasileiro - Por Eurico Rezende

Art. 107. É vedado ao juiz, sob pena de perda do cargo judiciário

Ver Artigo