Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Polícia pede paciência para o verão 1999 na Rodosol

De acordo com o Batalhão de Trânsito, o tráfego na rodovia ficará complicado nos meses do verão 99

Paciência. Essa foi a palavra mais usada pelo comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), major PM De Angelli, para alertar os turistas que pretendem utilizar a Rodovia do Sol no próximo verão. De acordo com o comandante, o verão de 1999 contará com 10% mais veículos circulando pela Rodovia do Sol, tornando o que já era caótico em uma viagem cansativa.

"A cada ano teremos um fluxo mais assustador na Rodovia do Sol, com pelo menos 10% a mais de veículos circulando. Isso quer dizer que, se o tráfego já era lento em 1998, vai piorar em 1999. As obras de duplicação da rodovia precisam ser iniciadas para dar vazão a esse fluxo, tornando a Rodovia do Sol uma via segura, bem sinalizada e em perfeito estado de conservação. Tudo que venha a somar para o nosso bem-estar e segurança será bem vindo", comentou o major De Angelli.

NÚMEROS — Para ilustrar o seu prognóstico, o major De Angelli citou os números apurados em 1997 e 1998 em relação aos acidentes que assustaram toda a população na Rodovia do Sol. Segundo dados da PRE, em 1997 foram registrados nada menos que 449 acidentes ao longo da rodovia, sendo 115 com vítimas e 334 sem vítimas. Das pessoas vitimadas, 18 morreram e 189 foram lesionadas. Em 1998, esses números sofreram uma redução até novembro, porém, ainda assustam. Foram 248 acidentes, sendo 76 com vítimas, 172 sem vítimas, 13 mortos e 85 lesionados. A redução foi ocasionada pela vigência e eficácia do novo Código Brasileiro de Trânsito.

Para atender a tantas ocorrências e fiscalizar toda a Rodovia do Sol, o Comando da PRE conta com apenas 36 policiais, três viaturas e quatro motocicletas, números considerados insuficientes até mesmo pelo major De Angelli. "Não é culpa do Comando da PM. Não podemos destinar nosso efetivo para ficar de prontidão na Rodovia do Sol, isso não diminui os acidentes. O que pode acabar com os acidentes são obras de grande porte e consciência do motorista, pois, também, não adianta uma pista de primeiro mundo para alguns motoristas imprudentes", afirmou o comandante.

TEMPO — Para o secretário de Transportes e Obras Públicas, Jorge Hélio Leal, em apenas 18 meses a população do Espírito Santo e os turistas que visitam o Litoral Sul do Estado estarão sentindo as mudanças na Rodovia do Sol, que estará mais segura e muito melhor transitável. "Esse tempo já será o suficiente para que a empresa vencedora da licitação, a Servix Engenharia, implemente as obras de melhoria ao longo da Rodovia, concorrendo para o sucesso da alta estação capixaba", afirmou Leal.

De acordo com o secretário, a duplicação da Rodovia do Sol é o primeiro passo para a melhoria dos serviços oferecidos por Guarapari e demais municípios daquela região, sendo que, a médio prazo, aquele trecho estará conhecido por sua comodidade. "Teremos ainda um verão tumultuado, com engarrafamentos e trânsito lento. Todos torcemos muito para que seja o último e que o Estado entre numa época de maior atrativos turísticos, tendo a Rodovia do Sol como eixo principal", completou Leal.

 

Fonte: Duplicação da Rodovia do Sol: Novos rumos para o Litoral Sul, A Gazeta Caderno Especial, 11/12/1998
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2016

Variedades

Turismo e Educação - Por Marien Calixte

Turismo e Educação - Por Marien Calixte

Necessário que cada indivíduo seja um pouco do Presidente da República, do Juiz, do Governador, do Prefeito, do Diretor de Turismo, do professor, do pai

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Presidente Castello Branco na Assembleia Legislativa do ES (1964)

Adalberto Simão Nader, discursa: "o honroso título de “Cidadão Espírito-Santense” que vos foi concedido, por iniciativa do nobre deputado Setembrino Pelissari, nos oferece a oportunidade 

Ver Artigo
Em busca de uma resposta - Partido Comunista e as outras esquerdas

O partido acreditava em seu Comitê Central; este, em Luís Carlos Prestes; o Cavaleiro da Esperança confiava em Jango. No final das contas, todos ficaram a reboque de João Goulart

Ver Artigo
Emendas constitucionais no sistema jurídico brasileiro - Por Eurico Rezende

Art. 107. É vedado ao juiz, sob pena de perda do cargo judiciário

Ver Artigo
Partido Comunista Brasileiro e as outras esquerdas

A única solução era salvar o verdadeiro partido comunista. Assim surgiu a cisão que criou o PCdoB. Em fevereiro de 1962

Ver Artigo
O ICM na Constituição Federal de 1967 – Por Eurico Rezende

Do produto da arrecadação do imposto 80% constituirão receita dos Estados e 20% dos Municípios

Ver Artigo