Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Casas para morar e para rezar na era Vasco

Igreja do Rosário e Praça da Matriz

Somariam, no máximo, trinta as edificações necessárias aos pioneiros. A hipótese é otimista desde que, à falta de outros dados, sejam aceitos os oferecidos pelos cronistas – mais ou menos sessenta pessoas compunham a expedição transportada pela Grorya.

Portugueses, portanto filhos fervorosos da Igreja de Cristo, foi à capela que, por certo, dedicaram o melhor de sua arte rústica. Consagrada a Nossa Senhora do Rosário,(5) era pequena e situada “próxima à praia e no fim da mesma, pouco mais ou menos no lugar hoje denominado Rua de São João”, informa Daemon.(6)

A sua pedra d’ara recorda às gerações o milésimo de fundação da mais antiga freguesia do sul do Brasil: (7) 1535. Lá está, também, em uma das capas, como a lembrar a origem nobre, o nome: Lisboa.(8) A devoção exigia algo mais que um simples granito da terra dos bugres...

 

NOTAS

(5) - PIZARRO, Memórias, II, 9; MARQUES, Dicion ES, 93.

(6) - Prov. ES, 55. Aquele logradouro denomina-se, atualmente, Av. Luciano das Neves.

(7) - FREIRE, Capitania, 8.

(8) - FREIRE, Capitania, 100-l.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, julho/2018

História do ES

Estação Ferroviária de Muqui

Estação Ferroviária de Muqui

O que mais tarde foi chamada "linha do litoral" foi construída por diversas companhias, em épocas diferentes, empresas que acabaram sendo incorporadas pela Leopoldina até a primeira década do século XX.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Mata Virgem – Por Auguste François Biard (Parte IV)

Tinham me falado, várias vezes, desde que chegara ao Brasil, de uma terrível cobra, a maior das trigonocéfalas, conhecida pelo nome de surucucu

Ver Artigo
Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Ver Artigo
A Ilha de Vitória – Por Serafim Derenzi

É uma posição privilegiada para superintender, como capital e porto, os destinos políticos e econômicos do Estado de que é capital

Ver Artigo
A história do Jornal A TRIBUNA

Conheça a história do jornal A TRIBUNA, publicada na resvista da Associação Espírito-Santense de Imprensa (AEI) em 12/2008

Ver Artigo
Intervenção federal - Governo Nestor Gomes

A vinte e seis de maio de 1920 começou a luta armada na Capital, com elementos da Força Policial dividida entre as duas facções 

Ver Artigo