Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Montanhas de Vitória

Foto Panorâmica da baía de Vitória. Foto de Edson Quintaes

Inúmeros são os motivos de beleza que ornamentam a pitoresca baía de Vitória, tornando-a um dos mais encantadores trechos do extenso e variado litoral do Brasil.

Pequeninas curvas, de aspecto sempre novo e diferente, multiplicam-se em um e outro lado do mar, aos olhos do viajante que, extasiado, as contempla no recorte gracioso das ilhas e nas insinuações caprichosas das montanhas esculpidas com buril vigoroso em rochas trabalhadas pacientemente pelo tempo.

Linhas e cores, massa e forma, tudo se combina e se harmoniza numa paisagem em que o arquiteto da natureza parece haver feito a síntese de mil primores.

Sobremaneira, nesse conjunto admirável, destacando-se as montanhas.

São elas o interesse dos urbanistas e a inspiraçao dos poetas. Veja a interpretação de Ciro Vieira da Cunha neste soneto:

Vitória, ao luar...

Noite. Vitória dorme... e dorme descansada
sob um claro dossel tecido de luar...
Ao longe, em verde-azul, a linha serpenteada
de montes namorando a inconstância do mar...

Caratoíra a sorrir... o Moscoso a sonhar...
Santa Clara lá está, a noite enluarada,
como santa feliz, esperando no altar
uma prece de luz de princesa encantada...

Jaburuna distante... ali perto, o Penedo...
Atalaia - o futuro... E São João - o passado -
no silêncio de alguém que guardasse um segredo...

Noite, Vitória dorme. E, ao store da garoa,
eu vejo qual fosse tesouro dourado
que o Moreno vigia e que a Penha abençoa...

 

Livro: Montanhas de Vitória e Outros Escritos. - 1985.

Matérias Especiais

A âncora da Prainha

A âncora da Prainha

A âncora da Praça Tamandaré que fica localizada em frente ao Fórum e a Casa da Memória na Prainha, em Vila Velha, foi presenteada pela Marinha ao município de Vila Velha

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Madrugada Chuvosa – Por Areobaldo Lellis Horta

Falava-se, à boca pequena, haver o comandante do 3° Batalhão de Infantaria, recebido ordem para depor o presidente do Estado e ocupar o Palácio

Ver Artigo
Quantas montanhas...

E lá fui eu, abraçada ao meu “Reino das Palavras”, instalar o meu reino literário na cidade de Pancas, a 180 quilômetros de Vitória

Ver Artigo
Abastecimento de água em Vitória – Por Areobaldo Lellis Horta

Além desse chafariz, existiam ainda os do Largo de Santa Luzia, em frente ao atual Ginásio São Vicente

Ver Artigo
A Limpeza Pública e a Domiciliar – Por Areobaldo Lellis Horta

Os quibungos (“tigres”), eram lançados ao mar, nos vários cais, às caladas da noite, quando adormecida a cidade

Ver Artigo
Britz - Por Milson Henriques

De qualquer modo vamos ao agradável labor de rememorar os que eu freqüentava, lembrando que havia também as boates Buteko, Cave, Aux Chandelles, Porão 214,...

Ver Artigo