Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Hospital São Pedro - José Carlos Mattedi

A inauguração do Hospital São Pedro ocorreu em 1959.

É no Hospital São Pedro, prédio abandonado há anos, que fica o principal símbolo da Praia do Suá: a estátua do padroeiro do bairro, São Pedro. Lá no alto, na esquina do edifício de quatro andares que tem a forma de um "V", o santo pescador puxa sobre seu ombro uma rede de pesca, e olha firme em direção daquilo que um dia foi o mar do Suá. O mar já não está lá, mas sua posição ereta continua majestosa, apesar de desbotado pelo tempo.

São quase três metros de altura de uma estátua esquecida, cujo pedestal — o prédio —também parece ter saído da lembrança de todos. Ninguém no bairro soube informar quem foi o escultor de tal obra, e o ano em que ela ocupou tal honraria. "Só sei que foi no início dos anos 60, logo depois que o hospital passou a funcionar", diz Gilda Maio, que inaugurou a sala de parto da unidade de saúde em 1960, e que, antes disso, durante a edificação, na década de 50, guardava em seu quintal o material de construção da obra.

O idealizador do hospital foi o Dr. Guedes Júnior. Com recursos federais, ele conseguiu levantar o prédio que serviria para atender a comunidade pesqueira do Suá, sob a administração e posse da Colônia de Pescadores, da qual era o presidente na ocasião. A inauguração ocorreu em 1959. "Dr. Guedes tinha muito ciúme da estátua de São Pedro. Quando ele via um urubu pousar nela, ele dava um tiro de espingarda para o alto para afugentar o bicho. Por causa disso, deram até parte dele na polícia", conta Gilda.

Ela lembra, ainda, que no saguão do edifício havia uma enorme paisagem marinha, pintada por Álvaro Conde. Anos depois, a imagem foi apagada quando o hospital passou às mãos do antigo Inamps, tornando-se um centro de tratamento e recuperação para acidentados, após quatro anos sob a direção dos pescadores. "Por falta de verba, a diretoria da colônia da época achou melhor arrendar o hospital", conta Carlos Eduardo Reis, tesoureiro da Colônia de Pescadores.

Em 1993, o antigo hospital foi retomado pelos pescadores, na administração de Mário Sérgio Rodrigues. Até o momento, a colônia ainda não definiu o que fazer com o imóvel, que está fechado. "Queremos reformar o prédio e depois alugar para reverter uma renda para a associação, trazendo assim benefícios para os pescadores", afirma Álvaro Martins, atual presidente.

 

Fonte: Praia do Suá – Coleção Elmo Elton nº 9 – Projeto Adelpho Poli Monjardim, 2002 – Secretaria Municipal de Vitória, ES

Prefeito Municipal: Luiz Paulo Vellozo Lucas

Secretária de Cultura: Luciana Vellozo Santos

Subsecretária de Cultura: Joca Simonetti

Administradora da Biblioteca Adelpho Poli Monjardim: Lígia Mª Mello Nagato

Conselho Editorial: Adilson Vilaça, Condebaldes de Menezes Borges, Joca Simonetti, Elizete Terezinha Caser Rocha, Lígia Mª Mello Nagato e Lourdes Badke Ferreira

Editor: Adilson Vilaça

Projeto Gráfico e Editoração Eletrônica: Cristina Xavier

Revisão: Djalma Vazzoler

Impressão: Gráfica Sodré

Texto: José Carlos Mattedi

Fotos: Raquel Lucena

Compilação: Walter de Aguiar Filho, março/2020

Curiosidades

A cana-de-açúcar foi a primeira cultura

A cana-de-açúcar foi a primeira cultura

Dez anos depois do desembarque do primeiro donatário, já estavam instalados, em 1545, na Capitania do Espírito Santo, quatro engenhos de açúcar 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Pedra da Onça - Por Seu Dedê

Localizada à margem esquerda do canal da Costa, braço sul. De frente ao Shopping Praia da Costa 

Ver Artigo
Ponga de Bonde – Por Edward Athayde D’Alcântara

Existe uma diferença entre carona e ponga

Ver Artigo
Praia da Sereia - A origem do nome

A origem do seu nome remonta aos primeiros anos do século XX, quando chegaram a Vila Velha, vindos do Rio de Janeiro, alguns construtores para construir o Terceiro Batalhão de Caçadores

Ver Artigo
Viajantes Estrangeiros ao ES – Wied, Freyreiss e Sellow

Pouco antes de iniciarem excursão pelas províncias do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia, chegou à Corte, em meados de junho de 1815, Maximiliano Alexandre Philipp, Prinz von Wied-Neuwied

Ver Artigo
Barra do Jucu – Por Seu Dedê

No ano de 1886, administrada pelo doutor Antônio Athayde, foram feitos os reparos, sendo a obra dividida em três lances unidos por um aterro

Ver Artigo