Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Rio Doce - Os viajantes

Rio Doce - Os viajantes

De todas as visitas feitas à região do Rio Doce no século XIX, nenhuma foi mais surpreendente e inusitada do que a do imperador à remota e perdida Linhares

Rio Doce - Apresentação do livro de Salm de Miranda (1949)

Rio Doce - Apresentação do livro de Salm de Miranda (1949)

O Rio Doce, no estado potencial em que permanece, abandonado, incompreendido, malbaratado, em nada aproveita ao BRASIL

Rio Doce - A descoberta

Rio Doce - A descoberta

Denso mistério cobre o Rio Doce nos albores da nossa colonização

Rio Doce - O Amazonas Capixaba

Rio Doce - O Amazonas Capixaba

O Rio Doce é o maior rio do Espírito Santo. É chamado carinhosamente de "Amazonas Capixaba"

Rio Doce , o palco - Por Salm de Miranda

Rio Doce , o palco - Por Salm de Miranda

Somemos ao imenso potencial, tão desumanamente abandonado, do rio Doce e lamentemos este nosso Brasil que despreza tão grande fator de riqueza, parcela do imenso potencial que jaz despercebido 

Rio Doce - Por Monsenhor Eurípedes Pedrinha (1891)

Rio Doce - Por Monsenhor Eurípedes Pedrinha (1891)

Tão rico e deslumbrante o Rio Doce e tão deixado daquele mesmo que aliás deviam olhá-lo com mais consideração

Quatro rios - Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe

Quatro rios - Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe

Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe passam a integrar a Unidade Hidrográfica Litorânea Central do Estado

Futuro é de esperança – Rio Doce

Futuro é de esperança – Rio Doce

Problemas do rio Doce colocam do mesmo lado sociedade civil e poder público para busca de soluções

Projeto ajuda a salvar dunas - Itaúnas

Projeto ajuda a salvar dunas - Itaúnas

O Iema desenvolve trabalho que visa a recuperação e preservação da vegetação de restinga

Parque Estadual de Itaúnas

Parque Estadual de Itaúnas

São 3,5 mil hectares que integram a beleza exuberante da bacia do rio Itaúnas e ajudam a preservar a fauna e a flora da região