Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cidade de Afonso Cláudio

Mapa de Afonso Cláudio

A origem do nome da cidade é em homenagem ao ilustre espírito-santense que foi primeiro governador do Estado de regime republicano: Dr. Afonso Cláudio.

É uma bonita cidade, cortada pelo Rio Guandú e cheia de árvores em suas redondezas. Sua colonização começou com a descoberta de ouro no lugar, nos meados do século XIX. É conhecida como a Capital Estadual do Milho.

O atual território de Afonso Cláudio pertenceu primeiramente ao município de Cachoeiro de Itapemirim, tendo sido, mais tarde, desmembrado e anexado ao de Serra, passando depois a integrar o de Santa Leopoldina, permanecendo nessa condição até 20 de Novembro de 1890, data de sua Emancipação.

O primeiro explorador do território, segundo a tradição, foi o engenheiro Frederico Wilmer que teria descoberto o Ouro no lugar denominado "Lagoa Sêca", na fazenda Santo Antônio do Alto Guandú, e no Atual distrito de Pontões, e que pertencia a Antônio de Souza Barros, conhecido por Barros Preto. Sabe-se que Frederico Wilmer contraíra febre amarela e, em consequência faleceu em Vitória no ano de 1851.

Algum tempo depois, um aventureiro de nome ignorado, vindo provavelmene de Minas Gerais, chegou a construir um rancho, no local que hoje é a Praça Adherbal Galvão, na sede municipal prosseguindo sua penetração, foi ter à casa de Antônio de Souza Barros, a quem conseguiu entusiasmar, com a descrição das terras férteis que percorrera.

Na primeira metade do século XIX, Frederico Wilmer, que viria a contrair febre a amarela e morrer em 1851, andou pela região que mais tarde constituiria o município de Afonso Cláudio, procurando ouro. Encontrou-o efetivamente no lugar denominado Lagoa, na fazenda Santo Antônio do Alto Guandu, pertencente a Antônio de Souza Barros.

Em 1885, Sabino Coimbra, Inácio Lemos, Jorge Gomes e Joaquim Galvão lançaram os fundamentos da povoação, construindo as primeiras casas. Batizaram o povoado com o nome de São Sebastião do Alto Guandu.

De 1896 a 1900, os índios que ali havia foram aos poucos desaparecendo.

A povoação progrediu rapidamente. Os primeiros caminhos carroçáveis que viriam incrementar seu desenvolvimento, ligando-a às localidades vizinhas, foram construída por Inácio Gonçalves com o auxílio dos indígenas.

Por essa época, os habitantes do lugar estavam ainda sob jurisdição de Porto do Cachoeiro de Santa Leopoldina. Em 20 de novembro de 1890, foi criado o município.

Ao novo município foi dado o nome de um republicano, Afonso Cláudio, espíritosantense, abolicionista e primeiro governador do Estado.

 

Fontes: www.citybrazil.com.br/es/regioes/afonsoclaudio/
e http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/espiritosanto/afonsoclaudio.pdf



GALERIA:

📷
📷


Cidades do ES

Itapemirim

Itapemirim

A sede de Itapemirim não fica à beira-mar como a de Piúma, mas oferece um mergulho inesquecível para aqueles que querem ir além da cerveja e do peroá: um mergulho na história da colonização capixaba

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Guarapari e Perocão

Atravessando uma floresta, chagava-se a Perocão, local que emprestou seu nome a uma ribeira da qual as águas correm na vizinhança

Ver Artigo
A desanexação de Viana à Domingos Martins

Hoje Domingos Martins e Viana são dois municípios distintos, o primeiro engrandecido pela sua extensão territorial, o segundo mutilado e reduzido, aguardando apenas, como Pedro II, “a Justiça de Deus na voz da história”

Ver Artigo
Iconha: Capital dos caminhoneiros no Brasil - Por Luciana Maximo

A cidade que tem 13 mil habitantes é considerada o município com o maior número de caminhões e carretas por habitantes do Brasil

Ver Artigo
Divisão administrativa do município de Vitória, 1937

São os seguintes limites do município de Vitória

Ver Artigo
Barra do Jucu

Barra do Jucu é um pequeno balneário de Vila Velha, ainda tranqüilo, localizado a 15 quilômetros do centro da cidade, que atrai muita gente por seu alto astral

Ver Artigo