Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cidade de Afonso Cláudio

Mapa de Afonso Cláudio

A origem do nome da cidade é em homenagem ao ilustre espírito-santense que foi primeiro governador do Estado de regime republicano: Dr. Afonso Cláudio.

É uma bonita cidade, cortada pelo Rio Guandú e cheia de árvores em suas redondezas. Sua colonização começou com a descoberta de ouro no lugar, nos meados do século XIX. É conhecida como a Capital Estadual do Milho.

O atual território de Afonso Cláudio pertenceu primeiramente ao município de Cachoeiro de Itapemirim, tendo sido, mais tarde, desmembrado e anexado ao de Serra, passando depois a integrar o de Santa Leopoldina, permanecendo nessa condição até 20 de Novembro de 1890, data de sua Emancipação.

O primeiro explorador do território, segundo a tradição, foi o engenheiro Frederico Wilmer que teria descoberto o Ouro no lugar denominado "Lagoa Sêca", na fazenda Santo Antônio do Alto Guandú, e no Atual distrito de Pontões, e que pertencia a Antônio de Souza Barros, conhecido por Barros Preto. Sabe-se que Frederico Wilmer contraíra febre amarela e, em consequência faleceu em Vitória no ano de 1851.

Algum tempo depois, um aventureiro de nome ignorado, vindo provavelmene de Minas Gerais, chegou a construir um rancho, no local que hoje é a Praça Adherbal Galvão, na sede municipal prosseguindo sua penetração, foi ter à casa de Antônio de Souza Barros, a quem conseguiu entusiasmar, com a descrição das terras férteis que percorrera.

Na primeira metade do século XIX, Frederico Wilmer, que viria a contrair febre a amarela e morrer em 1851, andou pela região que mais tarde constituiria o município de Afonso Cláudio, procurando ouro. Encontrou-o efetivamente no lugar denominado Lagoa, na fazenda Santo Antônio do Alto Guandu, pertencente a Antônio de Souza Barros.

Em 1885, Sabino Coimbra, Inácio Lemos, Jorge Gomes e Joaquim Galvão lançaram os fundamentos da povoação, construindo as primeiras casas. Batizaram o povoado com o nome de São Sebastião do Alto Guandu.

De 1896 a 1900, os índios que ali havia foram aos poucos desaparecendo.

A povoação progrediu rapidamente. Os primeiros caminhos carroçáveis que viriam incrementar seu desenvolvimento, ligando-a às localidades vizinhas, foram construída por Inácio Gonçalves com o auxílio dos indígenas.

Por essa época, os habitantes do lugar estavam ainda sob jurisdição de Porto do Cachoeiro de Santa Leopoldina. Em 20 de novembro de 1890, foi criado o município.

Ao novo município foi dado o nome de um republicano, Afonso Cláudio, espíritosantense, abolicionista e primeiro governador do Estado.

 

Fontes: www.citybrazil.com.br/es/regioes/afonsoclaudio/
e http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/espiritosanto/afonsoclaudio.pdf



GALERIA:

📷
📷


Cidades do ES

Guarapari na década de 70

Guarapari na década de 70

Veja fotos de Guarapari na década de 70, enviadas pelo internauta Jaime Trindade.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Grandes latifundiários dominavam a região de Itapemirim

Fazenda Pau Brasil de Francisco Salles Ferreira

Ver Artigo
João Neiva

A região que hoje corresponde ao município de João Neiva recebeu os primeiros imigrantes italianos em 1877. As famílias fundaram os distritos de Acioli de Vasconcelos (1887) e Demétrio Ribeiro (1891).

Ver Artigo
Ano de 1856 – Por Basílio Daemon

É criada neste ano a Colônia de Santa Leopoldina, nas margens do rio Santa Maria e ribeirões que nele deságuam, sendo por aviso do Ministério do Império 

Ver Artigo
Ano de 1847 – Por Basílio Daemon

Fundada em 1847 a Colônia de Santa Isabel, com 163 colonos chegados na sumaca Rodrigues, de propriedade de Antônio Joaquim Rodrigues 

Ver Artigo
Divisão administrativa do município de Vitória, 1937

São os seguintes limites do município de Vitória

Ver Artigo