Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Museu Homero Massena

Homero Massena e sua esposa, D. Edy

A desapropriação da residência do pintor Homero Massena e a instalação de um Museu Atelier naquele espaço na Prainha foi sonho e luta antiga, iniciada pela viúva do artista, Dona Edy Massena, críticos de arte, jornalistas, artistas plásticos e moradores de Vila Velha.

A importância cultural do imóvel foi reconhecida oficialmente pelo Governo do Estado do Espírito Santo - é imóvel tombado pelo Conselho Estadual de Cultura inscrito no Livro de Tombo desde 1983. A iniciativa de desapropriá-lo partiu do então Prefeito Vasco Alves que constituiu uma equipe para o desenvolvimento do projeto de instalaçao do Museu. O ex-prefeito Aucélio Sampaio, reconheceu a importância cultural, econômica e educativa do projeto e deu continuidade aos seus trabalhos.

Acervo

O visitante desse Museu-atelier instalado na ex-residência do artista, incluindo a sua oficina no quintal, poderá apreciar:

- O estilo de vida do artista (casa, mobília, roupas, etc...);
- Decoração existente nas paredes, óleo sobre alvaiade;
- Recortes de jornais desde 1912;
- Livro "Atribulações de um Capixaba" e manuscritos do artista;
- Fotografias;
- Aquarelas e desenhos;
- Óleos acabados e inacabados de grande valor didático;
- Obras raras (crítica social, surrealista, etc...)
-A fabricação de suportes (telas de algodão e painéis);
- Cavalete, palheta, caixa de tintas e materiais de trabalho do artista;
- Explicação sobre sua técnica;
- Reprodução de obras de contemporãneos no Brasil e no exterior;
- Diplomas e medalhas conquistadas;
- Fitas gravadas com o artista tocando violão, falando sobre sua vida, obra e comentado suas técnicas.

Fonte: Homero Massena - Museu Atelier - Catálogo.

LINKS RELACIONADOS:

>> Lembranco do Mestre
>>
 
Obras de Homero Massena na Internet
>> Depoimento de Homero Massena
>>
 
Ou Francês ou Capixaba 
>>
 
Massena, o escritor
>>
 
Vila Velha do impressionista 

História do ES

Hospedaria dos imigrantes

Hospedaria dos imigrantes

A Hospedaria Pedra D'Água foi construída na entrada da baía de Vitória, em 1887. Mas só recebeu imigrantes em 1889

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Vitória recebe a República sem manifestação e Cachoeiro comemora

No final do século XIX, principalmente por causa da produção cafeeira, o Brasil, e o Espírito Santo, em particular, passaram por profundas transformações

Ver Artigo
ES x BA - Limites (Capítulo II - A Capitania do Espírito Santo)

A Capitania do Espírito Santo foi doada, em 1534, por D. João III ao fidalgo luso Vasco Fernandes Coutinho, que a ocupou em 23 de Maio do ano seguinte

Ver Artigo
Capela de Santa Luzia

A Capela de Santa Luzia data do séc. XVI e é a edificação mais antiga de Vitória.

Ver Artigo
Providências de Mem de Sá após a morte de Vasco Coutinho

Aos dezesseis de outubro, informado da morte de Vasco Coutinho, o governador geral expediu o mandado às principais autoridades da capitania

Ver Artigo
Folha de serviços militares de Vasco Coutinho

Um rei não poderia ir além destas palavras consagradoras

Ver Artigo