Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Os Alfarrábios de Miguel de Aguiar

Capa do Livro - Krikati Tio Clê e o Morro do Moreno que retrata a história do Posto Semafórico do Morro do Moreno de autoria de Walter de Aguiar Filho

No Morro do Moreno funcionou o primeiro Posto Semafórico do Espírito Santo e um dos mais antigos do Brasil, da época de João Moreno. Este, conta a história, veio na expedição de Vasco Fernandes Coutinho em 1535. Do topo do Morro ele fazia a vigilância, transmitindo sinais para a Vila Nova de Vitória, para que a capitania não fosse surpreendida pelo ataque de um navio corsário.

Quase quatro séculos depois, ainda em pleno século XX, o Morro do Moreno funcionava como Posto Semafórico da entrada da Baía de Vitória.

Nessa época, podemos dizer há pouco tempo atrás, a população do estado do Espírito Santo era de 200.000 habitantes. Não existia telefone, telégrafo, bondes, poucos vapores (navios). Não havia luz elétrica nem mesmo lampião de querosene. Era da vela de sebo que o povo dependia para iluminação. Não necessitava-se de muita luz, pois era costume da maioria ir para a cama depois do pôr do sol. Não havia fonógrafos nem rádio, portanto, a comunicação do Posto Semafórico localizado no Morro do Moreno era toda feita através de bandeiras alfabéticas e por bandeiras semáforas, empregadas no Código de Sinais.

 

Autor: Walter de Aguiar Filho, 2011

Matérias Especiais

Roteiros de Anchieta

Roteiros de Anchieta

A Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção é a antiga residência do “Apóstolo do Brasil”, hoje Museu Nacional de Anchieta, foram construídas no século XVI pelo beato e pelos índios tupi-guaranis catequizados

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Britz - Por Milson Henriques

De qualquer modo vamos ao agradável labor de rememorar os que eu freqüentava, lembrando que havia também as boates Buteko, Cave, Aux Chandelles, Porão 214,...

Ver Artigo
Morro Inhoá

No pé do morro Inhoá, havia a edificação onde originalmente funcionou a primeira fábrica de sabão

Ver Artigo
A fonte de Inhoá

Desde a época do Primeiro Donatário, Vasco Fernandes Coutinho, já se bebia água da fonte de Inhoá

Ver Artigo
A santa da Praia é Rita - Sandra Aguiar

A comunidade contou logo com uma paróquia, a Santa Rita, cuja primeira sede data de 1935

Ver Artigo
A Cidade em outros tempos

Bondes, lanchas, manguezais e catraeiros nos remetem há uma época que creio não retornará. Vou citar alguns fatos e nomes de alguns personagens

Ver Artigo