Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

D. Benedito P. Alves de Sousa - 3º Bispo da Diocese do Espírito Santo (Poesia)

Dom Benedito Paulo Alves Souza, Bispo do Espírito Santo, com o presidente Nestor Gomes,1924

D. BENEDITO P. ALVES DE SOUSA

3º Bispo da Diocese do Espírito Santo

 

Um douto sacerdote, um grande luminar

Da igreja. Em preleções sublimes, radiosas

O povo edificava; e, em frases primorosas

Sorrindo, ele ensinava a direção do altar.

 

Sermões?... Fazia sempre, magistrais. Sem par

A sua atuação. Pessoas curiosas

Rebeldes, sem temor, sem fé ou caprichosas

Se transformavam, logo, ouvindo-o doutrinar.

 

Uma alma nobre, eleita — um puro vicentino

Constante, a trabalhar — obreiro peregrino —

Na Vinha do Senhor, vibrando de alegria!

 

Esmola farta dava ao pobre, ao deserdado!

Ao deprimido e bom — tornava reanimado!

E, ao infeliz? — Mostrava a Santa Eucaristia!

 

HOMENAGEM

 

À porta do palácio o povo se aglomera

E vibra de alegria! A massa humana vai

Se avolumando e qual a vaga se retrai

Para se arrojar de novo. É tentativa mera

 

Vencer o seu impulso. Uma utopia vera

Pedir silêncio à mole impaciente. “Entrai”

Diz uma voz. Diz outra! “O bom velhinho olhai!” 

E a manifestação, tocante quão sincera

 

Subiu a escadaria... O octogenário a pé

De longe vinha; assim, testemunhando a fé

De humilde o bom cristão. Seu talhe se vergava...

 

Crianças, flores mil! E, ali, no salão nobre,

Sorrindo, amavelmente, ao rico como ao pobre,

Dom Benedito, o Bisbo, a todos abraçava!

 

 

 

Fonte: Lendas e Milagres no Estado do Espírito Santo (Poesias 1551-1950) – Prêmio Cidade da Vitória, 1951
Autora: Orminda Escobar Gomes
Compilação: Walter de Aguiar Filho, abril/2021

Religiosos do ES

Franciscanos no ES

Franciscanos no ES

O trabalho religioso dos franciscanos no Espírito Santo tivera início com Frei Pedro Palácios

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Construção do Convento da Penha (Parte III)

Em1653, o Convento ainda não acabado recebeu de D. João IV uma ordinária do Rei

Ver Artigo
A Construção do Convento da Penha (Parte II)

JABOATÃO não especifica o dia do lançamento da pedra fundamental; mas parece que já foi em fins do ano, pois em meados de 1652

Ver Artigo
A Construção do Convento da Penha (Parte I)

No ano imediato de 1651 o Custódio Frei Sebastião do Espírito Santo lançou a pedra fundamental nos alicerces

Ver Artigo
E o Ururau zarpou...

Com lenços e lágrimas, famílias desesperadas acenaram para os homens da província que foram sequestrados dois dias antes, durante a procissão de Corpus Christ nas ruas da cidade

Ver Artigo
Dom Fernando de Sousa Monteiro - 2° Bispo da Diocese do Espírito Santo (Poesia)

Sereno, meigo, nobre, enérgico — o Prelado / Viveu louvando, sempre, a Cruz do seu amado / — Jesus, o Bom Jesus da Lapa de Belém

Ver Artigo