Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Personalidades Capixabas

Gente é para brilhar – Por Edileuza Penha de Souza

Gente é para brilhar – Por Edileuza Penha de Souza

Lembra fatos engraçados que vivenciou na Escola Alberto de Almeida, onde, junto com Fernando Tatagiba, Amylton de Almeida e tantos outros, encenou inesquecíveis peças de teatro

Carta aberta Edgar Feitosa – Por Delano Câmara

Carta aberta Edgar Feitosa – Por Delano Câmara

Recebi um convite para escrever sobre uma personalidade qualquer de Vitória

Amylton de Almeida – Por Deny Gomes

Amylton de Almeida – Por Deny Gomes

Um dia desses, alguém me disse que nunca havia lido nada seu, a não ser as críticas de cinema — o que já é muito e muito 

Maria Nilce ou o tiro que calou Vitória

Maria Nilce ou o tiro que calou Vitória

Maria Nilce foi a mais importante colunista social de Vitória. Sua coluna diária no Jornal da Cidade era lida por milhares de pessoas

Velhas Histórias Eternas – Por José Carlos Correa

Velhas Histórias Eternas – Por José Carlos Correa

Achava enormes as oficinas, onde duas linotipos eram habilmente manejadas pelo Alemão e pelo Bissinga e onde Dequinha, o paginador e tituleiro

Uma festa para Hermógenes – Por Berredo de Menezes

Uma festa para Hermógenes – Por Berredo de Menezes

Hermógenes recebe merecidamente, o galardão de presidente de honra da Comissão Espírito-santense de Folclore

Ceciliano Abel de Almeida na entrevista lírica de um sonho

Ceciliano Abel de Almeida na entrevista lírica de um sonho

Visitei-o outro dia, no comando dessa operação grandiosa, e o conheci, de longe, com o mesmo chapéu que usou a vida toda lá na Terra 

Dr. Denizarth Santos

Dr. Denizarth Santos

Morava em Vila Velha. Era um apaixonado por aquela cidade. Era médico-cirurgião do Exército e foi também, durante muitos anos, diretor do Hospital dos Funcionários Públicos...

De volta para o futuro – Por Cariê

De volta para o futuro – Por Cariê

Mas muito mais importante mesmo do que todo esse folclore ou história é a grandeza do passado e hoje das pessoas que se constituem nos recursos humanos que dividem conosco a responsabilidade e a alegria de ser parte das peças fundamentais que formam o corpo de A Gazeta

Mestre Flores

Mestre Flores

Todos os domingos, na Praça Costa Pereira, O regional do Mestre Flores apresentava, para o povo, o seu repertório de sambas, choros, serestas e canções