Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Camarões ao creme

Bandeira de Camarões

Parafraseando o escritor Deomar Bittencourt, nós, no Espírito Santo, achamos que só quem sabe preparar peixe é o capixaba.

Mas, para deleite de todos, publicamos neste site receitas deliciosas da culinária capixaba, com o uso de peixes e mariscos. Aproveite!

CAMARÃO AO CREME DE MILHO

Ingredientes:

- 6 colheres de sopa de trigo;
- 2 quilos de camarão;
- 1 litro e meio de leite;
- 1 colher de sopa (bem cheia) de manteiga;
- 2 latas de milho verde;
- 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado;
- 1 lata de creme de leite (com o soro);
- Temperos de moqueca: coentro, tomate e cebola.
- sal a gosto;
- Fatias finas de mussarela.

Modo de preparo:

1ª Etapa

Leve ao fogo, numa frigideira, seis colheres das de sopa de trigo e mexa sempre até tomar uma cor dourada. Retire do fogo e deixe esfriar num prato.

2ª Etapa

Faça uma moqueca com dois quilos de camarão.

3ª Etapa

Coloque numa panela o trigo já frio, despeje devagar um litro e meio de leite, uma colher das de sopa, bem cheia de manteiga, e mexa bem até ficar tudo dissolvido. Leve, então, ao fogo, até tomar consistência de creme bem espesso.

Retire do fogo e acrescente duas latas de milho verde sem o soro, quatro colheres das de sopa de queijo parmesão ralado, sal a gosto, e uma lata de creme de leite com o soro. Mexa com cuidado, e arrume num pirex grande, em camadas alternadas.

1ª Camada: creme de milho com fatias finas de mussarela por cima.

2ª Camada: A moqueca de camarão, com o mínimo de caldo.

3ª Camada: O resto do creme, com fatias de mussarela por cima e enfeite com alguns camarões. Leve ao forno para gratinar, 30 minutos. Sirva com arroz branco. Oito ou dez porções.

Receita tirada do livro HISTÓRIAS DE UM VELHO PESCADOR, de Deomar Bittencourt Pereira, 1982.

LINKS RELACIONADOS:

 Panela de Barro

Culinária Capixaba

Defeso do caranguejo

Defeso do caranguejo

Começou em 1º de outubro o período de defeso dos caranguejos uçá e goiamum no ES. Neste período, a cata é considerada predatória e quem infringir a lei terá que pagar multa

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Moquecas e peixadas – Por Cacau Monjardim

Do hábito indígena de "moquear" o peixe, nossos antepassados, de pai para filho, foram melhorando a técnica de preparo

Ver Artigo
Agora saberemos quem serve peixada

Moqueca capixaba vai ter receita unificada e até selo de qualidade. Projeto também quer transformar o prato em tradicional patrimônio imaterial

Ver Artigo
Você come moqueca ou peixada?

"Moqueca, só capixaba! O resto é peixada". A frase dita pelo jornalista Cacau Monjardim ficou conhecida dentro e fora do Estado do ES, causando ciúme em vários centros gastronômicos do país

Ver Artigo
Camarões ao creme

Parafraseando o escritor Deomar Bittencourt, nós, no Espírito Santo, achamos que só quem sabe preparar peixe é o capixaba

Ver Artigo
Culinária Capixaba - TORTA CAPIXABA

Para deleite de todos publicamos neste site receitas deliciosas da culinária capixaba, com o uso de peixes e mariscos. Aproveite!

Ver Artigo