Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

São Mateus, terra de barões

Barão de Aymorés

A história do município de São Mateus também se confunde com o heroísmo de desbravadores.

Dois deles chegaram a receber o título de barão, segundo a historiadora Elinéia Lima.

De acordo com ela, Antonio Rodrigues da Cunha, o barão de Aimorés, primeiro homem a represar as águas do rio Cricaré para instalar engenhos importados da Europa, e Olindo Gomes dos Santos Paiva, o Barão de Timbuí, que foi deputado provincial e teria prestado serviços à linha telegráfica do Norte e em relação à Guerra do Paraguai, foram alguns deles.

Nascido em 1834, em Barra do São Mateus, atual município de Conceição da Barra, o Barão de Aimorés se instalou numa fazenda às margens do braço sul do rio Cricaré, próximo à Cachoeira do Cravo, que se tornou modelo de propriedade para a época.

Antonio Rodrigues da Cunha recebeu em 1889 o título de “Barão de Aimorés”, que lhe foi outorgado pelo imperador D. Pedro II. Morreu em 1893. Já o Barão de Timbuí foi agraciado com o título em 1874.

Foi durante o século XIX, com o aparecimento de grandes fazendeiros como os barões de Timbuí e Aimorés, que o porto viveu sua fase áurea, com o surgimento de belos sobrados e casas comerciais – com suas coberturas em telhas tipo canal e grades de ferro importadas da Europa.

Fonte: A Gazeta 15/07/2007

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

São Mateus

Se dependesse da fé dos negros que, na verdade, deram grande contribuição ao início de sua colonização, o município hoje poderia de chamar São Benedito, em lugar de São Mateus.

Ver Artigo