Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Vasco Fernandes Coutinho

65 anos após o desembarque de Vasco Fernandes Coutinho

65 anos após o desembarque de Vasco Fernandes Coutinho

Muito progredira a capitania desde a chegada da Grorya à enseada do Espírito Santo. Vivo estivesse, o primeiro donatário poderia dizer, com justo orgulho, que não fora vão o sacrifício que se impusera para plantar a bandeira do seu rei nesta nesga do solo brasileiro

Donatário Francisco de Aguiar Coutinho, parente do Vasco

Donatário Francisco de Aguiar Coutinho, parente do Vasco

Aguiar Coutinho só assumiu a direção da capitania depois de 1605. Durante sua administração, Azeredo foi parte e testemunha de dois importantes acontecimentos 

Ainda Vasco Coutinho Filho

Ainda Vasco Coutinho Filho

Coube aos ingleses pregar um susto a Vasco Coutinho (filho). Surgindo frente ao Espírito Santo, as três naus de que se compunha a expedição

Morre o segundo donatário e assume sua esposa

Morre o segundo donatário e assume sua esposa

Sucedeu-lhe na direção da capitania sua viúva, D. Luísa Grinalda, que nomeou seu adjunto no governo o capitão Miguel de Azeredo punha a expedição 

Tourinho, Adorno, metais e pedras preciosas

Tourinho, Adorno, metais e pedras preciosas

Tourinho é considerado o “descobridor das esmeraldas”. Promoveu uma expedição sob a direção de Antônio Dias Adorno

Vasco Coutinho Filho - Novos engenhos e Progresso

Vasco Coutinho Filho - Novos engenhos e Progresso

Vasco Fernandes Coutinho Filho, agindo como representante de Mem de Sá, proibiu-lhes outros ataques aos indígenas 

Detalhes da administração do segundo Vasco

Detalhes da administração do segundo Vasco

Também o ambiente social melhorou, propiciando trabalho mais produtivo, sem as constantes questiúnculas de outrora

O 2º Donatário Vasco Coutinho Filho – Auxílio a Estácio de Sá

O 2º Donatário Vasco Coutinho Filho – Auxílio a Estácio de Sá

Em princípios de 1564, quando Estácio de Sá passou pelo Espírito Santo em demanda do Rio de Janeiro, onde iria imortalizar o nome, Vasco Fernandes Coutinho (filho) já devia ter assumido o governo da capitania

Os franceses atacam no Governo de Belchior de Azeredo

Os franceses atacam no Governo de Belchior de Azeredo

Belchior de Azeredo teve de se haver logo com os franceses, que infestavam a costa. No decorrer de 1561

Franceses no porto de Vitória, 1558

Franceses no porto de Vitória, 1558

Estes, temerosos de um desembarque, mandaram “Simão Azeredo e mestre Náo, francês aqui morador e bom homem”, parlamentar a bordo