Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Frei Pedro Palácios - Predestinação

Capa do Livro: História Popular do Convento da Penha, 3ª edição 2008

No último quartel do século XV - ano, mês e dia não sabidos - nascia, em Medina do Rio Seco, perto de Salamanca, na Espanha, aquele que seria, mais tarde, o fundador do Santuário de Nossa Senhora da Penha, no Espírito Santo. Não há registro certo das origens de Pedro Palácios, presumindo-se, todavia, ser ele rebento da nobre estirpe dos Palácios, irmão talvez do Dr. Paulo de Palácios, pregador e esmoler da rainha D. Catarina.

A piedosa vida de Pedro Palácios só começa realmente a registrar-se para a história quando, impelido por natural pendor, toma ele o hábito de religioso leigo, e como tal vive na província de São José dos Reformados, em Castela, passando mais tarde para a província da Arrábida, em Portugal, onde vai servir como enfermeiro no Hospital Real de Lisboa, desvelando-se, com grande amor e caridade, junto aos leitos dos seus enfermos.

Depois, seguindo o predestino que Deus lhe traçara, "havida licença do Padre Custódio da Arrábida, Frei Damião da Torre, passou ao Brasil" [Jaboatão].

Consta que chegou, primeiro, à capitania de Porto Seguro, e que lá, sabendo não haver, na do Espírito Santo, nenhum missionário de sua ordem, para aqui logo rumou na primeira embarcação.

Foi assim que, no ano de 1558, desembarcando no porto de Vila Velha, pisou Pedro Palácios as terras capixabas, que ele iria regar com o seu santo suor e suas lágrimas, nelas semeando a boa semente das suas virtudes e dos seus exemplos.

Conta a tradição que, para aqui, o impeliu sonho profético: "O piedoso leigo, achando-se no convento da Arrábida, tivera um sonho místico [... ]. Um anjo, descendo do céu sobre um montão de indivíduos quase a afogar-se em um pego, salvara a todos agarrando-lhes pelos cabelos." [Maravilhas, p. 36]

Não seria, de fato, este o seu verdadeiro destino - o de salvar as criaturas de Deus que se afogavam na cegueira do mal e da bruteza, nas virgens terras do Espírito Santo?

 

Fonte: História Popular do Convento da Penha, 3ª edição 2008
Autor: Guilherme Santos Neves
Compilação: Walter de Aguiar Filho, março/2016

Convento da Penha

Em 1639, Frei Paulo de Santo Antônio empreendeu melhoramentos na Penha

Em 1639, Frei Paulo de Santo Antônio empreendeu melhoramentos na Penha

Reformou a Ermida das Palmeiras, transformando-a, então, em capela-mor, porque levantou a nave ou corpo da igreja, com barra de azulejos e ampliou a sacristia

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

Guia do Romeiro de Nossa Senhora da Penha

Portão Velho - Foi construído em 1774. Por ele se entra na histórica "LADEIRA DAS SETE VOLTAS", primitivo caminho para o alto da montanha

Ver Artigo
Oração do Romeiro

Virgem da Penha, minha Senhora e minha Mãe, subo ao vosso Santuário para ver a vossa Imagem, contemplar a vossa Face, para vos louvar a amar

Ver Artigo
Resumo histórico do Convento da Penha

Resumo com os principais acontecimentos históricos do Convento da Penha

Ver Artigo
Novena em Louvor de Nossa Senhora da Penha

ORAÇÃO PREPARATÓRIA (para cada dia da novena) 

Ver Artigo