Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Lulú Beleza e a Vida de Boêmio

Bar Santos, 1978 - Lulú Beleza é um deles na foto

Lulú Beleza, velho amigo de muitos wuiskies, uma noite saiu com sua mulher Maria Amália para se divertirem. Aliás, Maria Amália quase não sai de noite, prefere ficar em casa.

E saíram. Foram ao restaurante do Ferrinho, e lá, depois do Lulú tomar umas e outras, foram ao Cimarron, e do Cimarrom, vão ao Mario's e do Mário's voltam ao Ferrinho e do Ferrinho voltam ao Mario's, e Maria Amália acompanhando Lulú com toda a paciência.

E as horas vão passando. Lá pelas cinco horas da manhã, Maria Amália já cansadíssima, pediu ao Lulú para irem para casa pois ela não aguentava mais.

Na saída da boite, ao tomarem o carro, O Lulú vira-se para sua mulher e diz:

— Vê Mamália, como a vida de boêmio é DURA!!!!....

 

 

Fonte: “Estória de Boemios e Outras Estórias” - 1978
Autor: Helio de Oliveira Santos
Compilação: Walter de Aguiar Filho, março/2019

Estórias de Boêmios - Por Hélio de Oliveira Santos

Dadaio Miranda e Zé Gordinho - Por Helio de Oliveira

Dadaio Miranda e Zé Gordinho - Por Helio de Oliveira

Estávamos no Bar Globo, isto lá pelas 10 horas da manhã, tomando nossos aperitivos, eu, Dadaio Miranda, Zé Gordinho, o Júlio Teixeira da Cruz, Mario Cezar Fundão

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Tipos populares de Vitória antiga

Rainha das FloresAgapitoMeio-FioOtinhoDr. AgaDeixa que eu ChutoPé de Chumbo.

Ver Artigo
Gilberto Mota e os Ovos - Por Helio de Oliveira Santos

Gilberto Mota tinha um conhecido que criava galinhas, lá para os lados de Cariacica

Ver Artigo
Francisco de Paula Nei - O maior dos boêmios

O professor, Visconde de Saboia, deu-lhe um tremendo 0, e mandou-o retirar-se da sala

Ver Artigo
Olympio Brasiliense e as Brahmas

Certo dia estávamos jogando "buraco" no antigo Bar Glória, na nossa saleta reservada

Ver Artigo