Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Farol na década de 50 - Foto de Paulo Bonino

Os primeiros moradores da região do Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa, Vila Velha, foram:

- Dona Idalina Gomes Siqueira;

- John Helal;

- Telesphoro e Rita Santos e seus filhos Nair, Teo e Cleber, que construíram sua residência na década de 50;

- Jessé (irmão da citada Idalina, primeira moradora) sua esposa Penha, ainda viva e lúcida, com 94 anos, atualmente moradora da Prainha. Jessé e Penha passaram a lua-de-mel nessa casa do Farol de Santa Luzia. Foram de barco.

Na mesma época em que os primeiros desbravadores da região do Farol de Santa Luzia escolheram morar ali, foi construída a residência oficial de verão do Governador do ES.

Ainda nessa mesma década, foi construída a rodovia Carlos Lindemberg, isto é, nos anos de 1950 e 1951, e que desemboca na entrada da residência do Governador. Como diria o personagem Krikati - do livro “Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno”, autor Walter de Aguiar Filho-, “de mão beijada!”.

 

Fonte: Site Morro do Moreno



GALERIA:

📷
📷


Bairros e Ruas

Rua Domingos Martins (desaparecida) – Por Elmo Elton

Rua Domingos Martins (desaparecida) – Por Elmo Elton

Do largo da Caridade, que ficava ao lado da igreja da Misericórdia, quando ainda não existia a Rua Pedro Palácios, partia um caminho que ia dar no largo da Matriz, onde hoje se ergue a Catedral

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praça D. Luiz Scortegagna (ex-largo da Matriz) – Por Elmo Elton

O largo da Matriz não tinha calçamento, era de chão batido. Desaparecidas as ruas 2 de Dezembro e Domingos Martins, a área, antes exígua, se ampliou 

Ver Artigo
Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Os primeiros moradores da região do Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa, Vila Velha, foram...

Ver Artigo
Rua Dois de Dezembro (ex-rua do Beco) – Por Elmo Elton

Tinha começo em frente à Loja Maçônica Ordem e Progresso, onde se construíra um chafariz, e terminava no largo da Matriz, quase paralela à José Marcelino

Ver Artigo
Rua Cristóvão Colombo (desaparecida) – Por Elmo Elton

Da antiga Cristóvão Colombo resta um trechinho de nada, ao lado da Barão de Monjardim, sendo que uma escadaria, ao término da extinta rua, tem, agora, o nome do descobridor. A escadaria, estreita, em rampa íngreme, dá subida para o morro do Vigia

Ver Artigo
Movimento que desenha a cidade – Jardim da Penha

Desse modo, são menos comuns os movimentos urbanos que refletem sobre a qualidade da paisagem urbana, o desenho, o volume das construções

Ver Artigo