Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Primeiros moradores do Farol de Santa Luzia

Farol na década de 50 - Foto de Paulo Bonino

Os primeiros moradores da região do Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa, Vila Velha, foram:

- Dona Idalina Gomes Siqueira;

- John Helal;

- Telesphoro e Rita Santos e seus filhos Nair, Teo e Cleber, que construíram sua residência na década de 50;

- Jessé (irmão da citada Idalina, primeira moradora) sua esposa Penha, ainda viva e lúcida, com 94 anos, atualmente moradora da Prainha. Jessé e Penha passaram a lua-de-mel nessa casa do Farol de Santa Luzia. Foram de barco.

Na mesma época em que os primeiros desbravadores da região do Farol de Santa Luzia escolheram morar ali, foi construída a residência oficial de verão do Governador do ES.

Ainda nessa mesma década, foi construída a rodovia Carlos Lindemberg, isto é, nos anos de 1950 e 1951, e que desemboca na entrada da residência do Governador. Como diria o personagem Krikati - do livro “Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno”, autor Walter de Aguiar Filho-, “de mão beijada!”.

 

Fonte: Walter de Aguiar Filho
Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo
Membro da Casa da Memória de Vila Velha, CMVV
Site Morro do Moreno



GALERIA:

📷
📷


Bairros e Ruas

Rua General Osório (ex-rua Porto dos Padres)

Rua General Osório (ex-rua Porto dos Padres)

Tinha começo exatamente onde começava o Porto dos Padres, daí sua primitiva denominação. Passou a chamar-se General Osório em 1872, isto é, dois anos após o término da Guerra do Paraguai, da qual participou, valentemente, aquele soldado

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praça João Clímaco (ex-praça Afonso Brás) – Por Elmo Elton

Em 1910, Jerônimo Monteiro, quando o logradouro tinha o terreno inclinado, para aplainá-lo, construiu-se um muro de arrimo, coroado por balaustrada, fronteiro à atual Rua Nestor Gomes

Ver Artigo
Como nasceu a Vitória – Por Areobaldo Lellis

Circundada por montanhas desabitadas, os seus extremos eram ligados, a partir das Pedreiras, hoje Barão Monjardim

Ver Artigo
Rua 13 de Maio (ex-rua do Piolho) – Por Elmo Elton

Esse caminho, sinuoso passou a ser a Rua do Piolho, que, já neste século, trocaria de nome para rua Treze de Maio

Ver Artigo
Rua 23 de Maio

Era considerada, até os anos 40, como ponto nobre da cidade. Teve belas residências, destacando-se sobretudo a Vila Oscarina, palacete de propriedade de Antenor Guimarães

Ver Artigo
Ponta da Fruta – Por Edward Athayde D’Alcântara

Até os anos 40 era pequena e conhecida ainda como vila de pescadores e era considerada área rural do município

Ver Artigo