Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Lagoas de água salgada e outras de água doce

Lagoa Juparanã, 1915 - Acervo: APEES

Há na província as seguintes lagoas, umas no litoral, outras centrais e algumas à margem de rios, e são:

Lagoa de Aguiar, Juparanã, Parda, da Barra Seca, Montserrat, de Aviz, dos Pancas, do Buraco Fundo, de Piraquê, Salgada, de Jacuném, da Ponta da Fruta, de Maimbá, Pia banha, Morobá, da Anta, Cacolocage, dos Caraízes, da Boa Vista e Siri.

Existem ainda outras de menores proporções e sujeitas a secar, o que não acontece às que aqui mencionamos, quase todas sendo ou sujeitas às evoluções das marés, ou sendo nascentes de rios ou deles formados.

A de Juparanã, a maior de todas, tem de 48 a 50 quilômetros de circunferência, e outras regulando desde 1 a 20 quilômetros, na maior parte muito piscosas, havendo algumas com pequenas ilhas em seu centro.

Consta existirem ainda outras no meio das matas, mas que pouco investigadas por mateiros, pouca importância se tem dado à sua existência.

 

Fonte: Província do Espírito Santo - 2ª edição Autor: Basílio Carvalho Daemon
Compilação: Walter de Aguiar Filho, julho/2018

Rios do ES

Rio Doce - As bandeiras

Rio Doce - As bandeiras

Por volta de 1572, Sebastião Fernandes Tourinho, conceituado habitante da Capitania de Porto Seguro e aparentado com o donatário, reuniu 400 homens para subir o Rio Doce em busca de pedras preciosas

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Rio da Costa – Por Seu Dedê

Rio genuinamente canela-verde, nasce e deságua dentro do município de Vila Velha. Conhecido pelos antigos como simplesmente maré

Ver Artigo
A Vida dos documentos - Por Gabriel Bittencourt

Conheça o documento pioneiro da historiografia capixaba

Ver Artigo
As bacias dos rios Jucu e Santa Maria da Vitória

O aumento do consumo de água na Grande Vitória junto com a redução da demanda tem levado a uma conta amarga: o perigo real de racionamento

Ver Artigo
Rios Iconha e Novo: união faz a diferença

Da junção dos dois rios surge o Piúma, que desempenha papel fundamental na sobrevivência dos pescadores da região

Ver Artigo
Visitantes chegam e ficam - Itaúnas

A vila de Itaúnas é um festival de sotaques diferentes, marcando a diversidade de pessoas que fizeram a opção de viver ali

Ver Artigo