Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Matérias Especiais

Capela de Fazenda

Capela de Fazenda

Na Cidade Alta, um vestígio da Vitória do século XVI: a Capela de Santa Luzia. A história diz que foi erigida pelo primeiro "dono" de Vitória, o próprio Duarte de Lemos. Seguindo o costume da época, era uma capela de fazenda

Dia Mundial do Fotógrafo

Dia Mundial do Fotógrafo

Sabedor que o dia 19 de agosto é considerado o DIA MUNDIAL DO FOTÓGRAFO, quero fazer uma homenagem aos fotógrafos que conheci durante minha vida de músico nas noites.

Olha aí o chup-chup!

Olha aí o chup-chup!

Relembrando os antigos pregões de Vila Velha na década de 20, que era o repertório de vendedores ambulantes para atrair a "freguesia", vemos que algumas características da vila ainda não mudaram.

Montanhas de Vitória

Montanhas de Vitória

Inúmeros são os motivos de beleza que ornamentam a pitoresca baía de Vitória, tornando-a um dos mais encantadores trechos do extenso e variado litoral do Brasil...

Nas trilhas do Mestre Álvaro

Nas trilhas do Mestre Álvaro

Ele está lá, imponente, e pode ser visto de qualquer lugar da Serra. É o Mestre Álvaro, o grande anfitrião do município. E como é bonito vê-lo ao entardecer, quando o sol se põe e forma atrás da montanha aquele vermelho-alaranjado. Imagine então, ver esse cenário do seu topo. Sim, é maravilhoso (mas só suba com um guia).

Vitória do Espírito Santo

Vitória do Espírito Santo

Veja como Haydée Nicolussi (1905-1970), poeta e cronista, descreve a cidade de Vitória em 1928, inaugurando a poética modernista em terras capixabas: Vitória do Espírito Santo "Cidadezinha azul, liliputiana,cidade de gravura suíça ou italiana,cidade pequenina,...

O cheiro dos velhos tempos

O cheiro dos velhos tempos

Quando eu era criança tinha o olfato apurado e o nariz de perdigueiro... Por isso mesmo, as pessoas, lugares e até coisas se relacionavam a algum cheiro.

O Campanelli

O Campanelli

Manhã nascendo. De pé sobre a pedreira, eu observava o voo dos urubus que agouravam a morte do bezerro atolado no asfalto. A estradinha à beira-mar estava sendo pavimentada. Por todo lado amontoavam-se tonéis do betume negro e visguento; alguns derramados. O gado desavisado que por ali perambulava, volta e meia via-se em apuros. Os maiores conseguiam safar-se, mas os pássaros e bezerrinhos que caíam no asfalto derretido, quando mais se debatiam, mais afundavam...

O Anacoreta Pedro Palácios

O Anacoreta Pedro Palácios

Em Medina do Rio Seco nasceu,Na vila de Vasco Coutinho trabalhou e viveu;O curumim e o índio da tribo salvou,Na Prainha, aos colonos as mãos estendeu,Mas foi na capela da Penha que seu nome escreveu.

Glória e Garoto

Glória e Garoto

Quem mora no bairro da Glória, em Vila Velha, tem muita história para contar: todos os dias, atividades rotineiras são marcadas pelo apito da Fábrica de Chocolates Garoto. No primeiro toque, é hora de ir para a escola. Ao meio-dia, hora do almoço