Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Escalada

Pico do Itabira, 1930

Saiba quais são os melhores locais para a prática de escalada no Espírito Santo:

Pedra do Itabira - Cachoeiro de Itapemirim

Com 550 metros de altura, é a mais alta do conglomerado e possui quatro vias de acesso.

O Frade e a Freira - Divisa de Itapemirim, Vargem Alta e Cachoeiro de Itapemirim

Possui 370 metros de altura. A Freira oferece duas vias de acesso e o Frade uma.

Três Pontões - Afonso Cláudio

Possui quatro pontas, a maior com 500 metros de altura. Possui três vias de acesso.

Três Pontões - Águia Branca

Possui três pontas, a maior com 400 metros de altura. Uma via de acesso para cada.

Pedra do Dedo - Nova Venécia

Possui 200 metros de altura e uma via de acesso.

Pedra da Lavra - Água Doce do Norte

Possui 700 metros e uma via de acesso.

Pedra do Garrafão - Ecoporanga

Possui 500 metro de altura e uma via de acesso.

Pedra do Garrafão - Santa Maria de Jetibá

Possui 500 metros de altura. O acesso é realizado a pé.

Pedra do Fio - Castelo

Possui 400 metros e uma via de acesso, que só foi conquistada na década de 70 e depois nunca mais foi repetida.

Pedra da Agulha - Pancas

Possui 500 metros de altura e uma via de acesso.

Pedra dos Cinco Pontões

Possui cinco pontas, a maior com 500 metros. E cada uma tem pelo menos uma via de acesso.

 

Fonte: A Gazeta (28/11/2007)
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2007 

 

 

Links Relacionados:

>> Associação Capixaba de Escalada
>> Cachoeiro de Itapemirim
>>
 
Afonso Cláudio 
>>
 
Vargem Alta 
>>
 
Santa Maria de Jetibá



GALERIA:

📷
📷


Aventura

Barra do Rio Doce - Por Rubem Braga (1949)

Barra do Rio Doce - Por Rubem Braga (1949)

O homem de binóculo focalizava a bandeirinha que se agitava lá em terra lá em terra, no pontal sul, perto do farol

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Na rota dos tesouros

Navios afundados e riquezas soterradas despertam interesse de aventureiros no ES

Ver Artigo
O Caboclo Bernardo (Parte I) - Por Rubem Braga (1949)

Parece que não tinha nenhum sangue europeu; era apenas um índio, com seu nome cristão de Bernardo José dos Santos

Ver Artigo
O Caboclo Bernardo (Parte II) - Por Rubem Braga (1949)

Aos 55 anos de idade foi assassinado a tiros de garrucha por um outro caboclo chamado Lionel, que estava cheio de cachaça

Ver Artigo
Um amor que vai durar (e durou) para sempre

Fugindo da ditadura Militar, em 64, ele foi obrigado a permanecer na cidade porque o dinheiro acabou antes da hora

Ver Artigo
Descida do Rio Jucu - 2007

No ano em que o mundo desperta para os problemas do aquecimento global, a Descida Ecológica do Rio Jucu, em sua 18º edição, mais uma vez chama nossa atenção

Ver Artigo