Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Os pioneiros do cacau

Os pioneiros do cacau

Linhares já merecia um livro só com informações sobre os cacauicultores do Município, tão inesgotável e cheio de vida nos pareceu este assunto.Mas como o nosso objetivo não é apenas este, muitos poderão ser omitidos, e esperamos que outros, motivados pelas omissões, se proponham a este trabalho

A introdução do cacau em Linhares

A introdução do cacau em Linhares

Segundo o Dr. Lastênio Calmon, o primeiro plantio de pés de cacau em Linhares, e que não vingou, foi feito em 1880.O impulso inicial ao plantio sistemático de cacau em Linhares foi dado em 1917, quando o Sr. Bernardino Monteiro era governador do Estado e o Sr. Nestor Gomes era secretário da Agricultura

Linhares perde sua condição de município

Linhares perde sua condição de município

Dessa época até 1921, aconteceu um fato curioso. Linhares conservava o nome do Município, os papéis da Câmara tinham o timbre com seu nome e até um “selo” encontramos em vários ofícios. Mas a sede era Colatina

Humberto Calmon Neves Fernandes - Prefeito de Linhares (1946)

Humberto Calmon Neves Fernandes - Prefeito de Linhares (1946)

Nascido em 1902, em São Mateus-ES. Filho de Antonio Calmon Fernandes e Maria Neves Calmon Fernandes. Casado com Aurora Belcaselo Fernandes. Falecido em 1981. Nomeado prefeito em agosto de 1946, posse em setembro do mesmo ano. Secretário: Miguel Gusman Junior. Não havia vice-prefeito nem Câmara

Roberto Calmon - Prefeito de Linhares (1944-1946)

Roberto Calmon - Prefeito de Linhares (1944-1946)

Dr. Roberto foi um inovador e um homem de grande visão, pois o traçado de Linhares está praticamente inalterado. Lugares que, na época, em capoeiras, brejos ou matas, foram reservados e planejados para diversas obras futuras, atestando sua confiança quase profética no progresso de sua terra natal

A história da fundação de Linhares

A história da fundação de Linhares

Tratou Rubim de mudar estas disposições, determinando não só que plantassem a mandioca, mas que esta atividade fosse desenvolvida também pelos soldados que estivessem de folga. Ainda em benefício de Linhares enviou à povoação, em 1813, 34 camponeses espanhóis”, vindos de uma das ilhas Canárias 

Dois visitantes ilustres a Linhares

Dois visitantes ilustres a Linhares

No final de 1815, visitou o rio Doce o Príncipe Maximiliano Wied Neuwied, que deixou-nos observações preciosas sobre o pequeno povoado de Linhares. Esteve na Fazenda Bom Jardim, onde recebeu “calorosa acolhida”. Lá encontrou um engenho de açúcar em produção, o primeiro do rio Doce, e plantações de arroz, mandioca e cana

O Palácio do Barão de Itapemirim

O Palácio do Barão de Itapemirim

Até há pouco tempo a localização das ruínas do imenso casarão do barão de Itapemirim era mistério, mas recentemente historiadores localizaram o amontoado de pedras que sobrou da magnífica estrutura.

Cinema de Aracruz - Parte II

Cinema de Aracruz - Parte II

Mas outra vez o cinema não demoraria a voltar à atividade, por volta de 1969, agora na antiga Casa de Pedra da Venâncio Flores (hoje demolida, para dar lugar ao estacionamento do Supermercado Aracruz), alugada de Ângelo Marcos Trazzi. O novo nome, “Cine Mara” homenageava Liamara, primeira (então única) filha de Jovino

BR-101 (de Vitória à Linhares)

BR-101 (de Vitória à Linhares)

A abertura da estrada até a Serra teve início em 1921; daí para Linhares em 1930. Foi portanto, um processo longo e demorado.Por volta de 1934, era chefe da Estação experimental do Estado (Goitacases), Henrique Rímulo. Este homem surge como um verdadeiro entusiasta, contagia o povo e inicia a abertura da cabeça da ponte para o sul