Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Duarte de Lemos, homem providencial

Duarte de Lemos, homem providencial

Duarte de Lemos rumou para o Espírito Santo com seus “criados e outras pessoas que por seu respeito vieram com ele”

A chegada do Donatário e a recepção por parte dos índios

A chegada do Donatário e a recepção por parte dos índios

O primeiro contato com a terra revelou os tropeços que aguardavam aquele pugilo de aventureiros

Batismo da terra de Vasco e as primeiras construções

Batismo da terra de Vasco e as primeiras construções

Basílio Daemon arrola, entre as construções iniciais, “um forte no lugar onde hoje [1879] se acha a Fortaleza de Piratininga”

Casas para morar e para rezar na era Vasco

Casas para morar e para rezar na era Vasco

Portugueses, portanto filhos fervorosos da Igreja de Cristo, dedicaram a capela a Nossa Senhora do Rosário

Divisão das terras do Donatário – Alguns aquinhoados

Divisão das terras do Donatário – Alguns aquinhoados

Vasco Fernandes Coutinho foi residir no lugar conhecido hoje por Sítio Ribeiro

Casamento, Descendência, Outras propriedades – Vasco Coutinho

Casamento, Descendência, Outras propriedades – Vasco Coutinho

É de presumir-se que o casamento com D. Maria do Campo se tenha realizado após as aventuras em África e Ásia

Primeiros sacrifícios do donatário: a venda das propriedades – Vasco Coutinho

Primeiros sacrifícios do donatário: a venda das propriedades – Vasco Coutinho

Para prover às despesas Vasco Coutinho vendeu a quinta de Alenquer à Real Fazenda

Os pioneiros – Alguns nomes – Número – Partida do Tejo

Os pioneiros – Alguns nomes – Número – Partida do Tejo

Os mais abalizados autores registram mais ou menos sessenta, aí incluídos “dois fidalgos de elevada nobreza”

Superfície e Floral – Por José Teixeira de Oliveira

Superfície e Floral – Por José Teixeira de Oliveira

Segundo o cálculo de Varnhagen, a capitania assim delimitada teria, pouco mais ou menos, cinco mil e quinhentas léguas quadradas

Preparativos de viagem do donatário Vasco Fernandes Coutinho

Preparativos de viagem do donatário Vasco Fernandes Coutinho

Em Portugal preparava a viagem para o senhorio que lhe coubera “pera todo sempre”, segundo rezava a carta